terça-feira, 1 de julho de 2014

Competições válidas

Competições Nacionais

Campeonato Brasileiro (todas as divisões e/ou qualificatórias).
Copa do Brasil.
Taça Brasil de 1959 a 1968.
Torneio Roberto Gomes Pedroza de 1968 a 1970.
Supercopa do Brasil de 1990 a 1992.

Competições Interestaduais

Taça Brasil de 1907.
Taça Salutaris de 1911 e 1914.
Taça dos Campeões Estaduais SP-RJ de 1913 a 1987.
Taça Ioduran 1917-1919.
Copa dos Campeões Estaduais de 1920 e 1936.
Torneio Rio-São Paulo de 1933 a 2002.
Torneio Quinela de Ouro de 1942.
Copa dos Campeões do Nordeste de 1948.
Copa dos Campeões do Norte-Nordeste de 1952.
Torneio Roberto Gomes Pedroza de 1967.
Copa Norte-Nordeste de 1968 a 1970.
Torneio Centro Sul de 1968 e 1969.
Torneio dos Campeões de 1969.
Torneio de Integração Nacional de 1971.
Torneio do Povo de 1971 a 1973.
Taça Almir de 1973.
Torneio Goverador Nunes Freire de 1976.
Torneio Ministro Ney Braga de 1976.
Torneio dos Campeões Brasileiros de 1978.
Torneio dos Campeões de 1982.
Torneio Heleno Nunes de 1984.
Taça dos Campeões de 1992.
Torneio Ricardo Teixeira de 1993.
Torneio João Havalange de 1993.
Copa Denner de 1994.
Campeonato do Nordeste (Copa Nordeste).
Copa Centro-Oeste de 1999 a 2002.
Copa dos Campeões de 2000 a 2002.
Regional do Nordesde de 2006.
Copa Norte de 1997 a 2002.
Campeonato Sul-Brasileiro de 1962.
Copa Sul de 1999.
Copa Sul-Minas de 2000 a 2002.
Recopa Sul-Brasileira de 2007 a 2010.
Copa Verde.
Primeira Liga.

Competições Estaduais

Todos os Campeonatos Estaduais (todas as divisões e/ou qualificatórias).
Todas as Copas Estaduais.
Todos os Campeonatos ou Copas Estaduais denominadas "Extras".

Competições Internacionais (desde que jogo entre brasileiros)

Toda competição organizada por Conmebol e FIFA.
Toda competição organizada pela CBD em associação com outra federação nacional sul-americana no período anterior ao surgimento da Copa Libertadores (antes de 1960).


segunda-feira, 30 de junho de 2014

Regulamento

O que é o Cinturão do Futebol Brasileiro

No dia 3 de maio de 1902, no campo do Parque Antárctica, a Associação Atlética Mackenzie College venceu o Sport Club Germânia por 2 a 1. Foi a primeira partida "oficial" do futebol brasileiro. Organizado pela Liga Paulista de Foot-Ball, foi o jogo inaugural do agora denominado Campeonato Paulista.

Imagine que, por qualquer acaso do destino, o futebol evoluísse de uma maneira diferente ao longo do tempo e que os campeonatos fossem definidos como os são no boxe. Nesse esporte, um novo campeão somente surge depois de derrotar o antigo campeão. E, assim que conquista esse cinturão - prêmio máximo do pugilismo -, ele passa a defender o título contra outros desafiantes.

Desta maneira, o time do Mackenzie College foi o primeiro vencedor do Cinturão do Futebol Brasileiro. Como detentor do cinturão, ele defendeu o posto no jogo seguinte. No dia 29 de maio, no campo do Velódromo, os mackenzistas confrontaram-se com o Sport Club Internacional. O resultado, empate em um gol, manteve o título de campeão com os estudantes.

O Mackenzie só conheceu a derrota e perdeu a posse do Cinturão em 4 de outubro de 1902, após ser superado pelo Club Athlético Paulistano. E assim se sucedeu... Jogo a jogo, com o passar dos anos.

Agora, em 2019, quem será o portador do Cinturão do Futebol Brasileiro?

Jogos válidos

São considerados somente jogos de torneios oficiais. Ou seja, partidas organizadas por federações competentes e que estejam (ou que estivessem) no calendário de competições dessas entidades.

São considerados somente os confrontos entre dois times brasileiros.

São consideradas as disputas entre dois times brasileiros por competições internacionais ou ainda sediadas fora do Brasil.

Alternância

Um campeão perde o Cinturão quando é derrotado durante o tempo regulamentar de jogo, na prorrogação, ou mesmo em disputa de pênaltis.

Caso um time vença a partida mas seja derrotado nos pênaltis, perde o Cinturão.

O campeão não perde o Cinturão após um empate em jogo normal, sem penalidades posteriores.

Quebra de sequência

Caso o detentor do Cinturão deixe definitivamente de competir no futebol, o posto de campeão volta para aquele que o possuiu imediatamente antes do clube extinto.

Caso o detentor do Cinturão deixe temporariamente de competir no futebol, pelo período superior a um ano, aplicar-se-á uma dessas opções:

a) Se o fato ocorreu no passado, antes de 2018, mantém-se o título com o campeão licenciado caso esse período ausente não tenha atingido duas temporadas completas.

b) Se o fato ocorrer a partir de 2018, o Cinturão será devolvido ao campeão imediatamente anterior ao clube afastado.

Extra-Campo

São considerados os resultados válidos para cada competição. Ou seja, o placar aplicado para a tabela do torneio. Desta maneira, W.O.s e resultados atribuídos posteriormente, mediante decisões das Ligas ou tribunais de justiça, são válidos.